Sábado, 19 de Julho de 2008

Rapariga desconhecida com um penteado muito popular entre as raparigas Goth

Dizem que é impossível explicar como ser Goth ou em português Gótico. Tornou-se um estilo que sofreu tantos estereótipos ao longo dos últimos anos que foi distorcido. Mas ser Goth é muito mais do usar roupa e maquilhagem preta. É um verdadeiro estilo de vida. A noção que hoje existe de "Goth" não é a mesma que a noção original. O movimento iniciou-se nos finais dos anos 70, com o movimento musical da Darkwave com The Cure, Bauhaus, Joy Division. Actualmente, considera-se que Goth é amante das várias vertentes do Metal e que usa só preto e plataformas.

Dicas:

 

1.     Ouve música Gothic. Este é o passo básico na entrada no movimento. A música é o elemento mais crucial do estilo Goth; afinal ele (como todos os estilos alternativos do rock) surgiu de um movimento musical. É a partir dela que as pessoas ganham inspiração para o seu guarda-roupa e para os seus comportamentos, através das letras das suas canções favoritas. Neste movimento, há uma tendência a ouvir uma variedade de subgéneros da colectânea denominada “Goth”. Goth contêm Post-Punk (Bauhaus, Joy Division, Siouxsie and Banshees, The Cure), Batcave (Alien Sex Fiend, Specimen, Sex Gang Children), Second Wave Gothic Rock (Sisters of Mercy, Fields of Nephilim, London After Modnight), Deathrock (Christian Death, 45 Grave, Kommunity FK) e Darkwave (The Cruxshadows, Sopor Aeternus & the Ensemble of Shadows, Wolfsheim). Na actualidade, todas as vertentes do Metal também são muito populares no movimento Goth. Black Metal. Industrial, uma vertente da Electrónica mais "pesada", também é muito popular. Faz pesquisa, conversa com outras pessoas que gostem deste tipo de música e descobre novas bandas, que te vão agradar. É importante que apenas ouças a música que gostares e não para demonstrares ás pessoas que és Goth.

2.     Vestir Goth. Algumas pessoas têm a noção errada que as roupas não importam. Isto é errado, as roupas são fundamentais. A moda é um elemento crucial deste movimento e tem imensas vertentes que podes escolher, conforme o teu gosto pessoal. Tens o look medieval (baseado nos celtas e nos vestidos da Idade Média), o vitoriano (baseado na Inglaterra Vitoriana do século XVIII), o Gothic Lolita (estilo criado no Japão e explicado noutro post), o Cyber Goth (estilo "futurista", explicado noutro post), o Goth Old-School (baseado no Goth inicial do final dos anos 70/anos 80), entre muitos outros. Faz pesquisas e descobre com o qual te identificas mais, o que mais tem a ver com a tua personalidade. É muito importante que te mantenhas fiel a ti próprio, pois o teu modo de vestir vai reflectir a tua identidade e a tua personalidade. A moda Goth é muito mais do que usar roupa preta. A maquilhagem é uma opção, e não é necessariamente toda preta, as raparigas em vez de batom preto, podem usar batom vermelho.

3.     Começa a ler. Esta é outra vertente muito importante no movimento: a literatura. No século XIX, surgiu na literatura os "romances góticos", que exploravam o místico, o oculto, o dramático, o romance, o esoterismo. Os autores preferidos são: Anne Rice, Bram Stroker, Edgar Allan Poe, Lorde Byron, Nathaniel Hawthorne, Strom Constantine, Ellen Schreiber, Melissa Marr, Christopher Marlowe e The Brontë Sisters. Mas se os autores aconselhados em cima não te despertarem interesse, podes ler outros. Outros géneros literários populares dentro do movimento são ficção científica, fantasia e terror.

4.     Encontrar roupas. Não é difícil de encontrar roupa que se enquadra neste movimento, até mesmo nas lojas de centro comercial. Se não tens dinheiro para corpetes de vinil ou de renda, que custam acima dos 50 euros, não tens de os usar, ou simplesmente compra roupa básica preta mais barata e poupa para corpetes e botas de plataforma. Não necessitas de ter uma infinidade de calçado: podes ter até só um par de botas, não há problema. Como já é claro, a cor de ordem é o preto. Mas o branco e o vermelho também são muito usados. As vertentes mais caras do estilo Goth são: Gothic Lolita, Vitoriano, Medieval e Cyber Gothic, porque os elementos que os compõem, na sua maioria, não estão à venda nas lojas de centro comercial e têm de ser encomendados, se não vives em grandes metrópoles. Podes encomendar do Ebay, onde encontras bons itens Goth a preços aceitáveis. Para camisolas de bandas, tens os festivais, os concertos e as lojas de música, onde vais encontrar.

    • Na moda Goth também é aceitável fazeres as tuas próprias roupas: demonstra originalidade e criatividade, duas qualidades muito valorizadas no movimento. E assim tens a certeza que ninguém tem peças iguais às tuas. 

5.     Desenvolve uma atitude. Neste movimento, as pessoas são muito ligadas ao intelecto e valorizam a inteligência, a Cultura, as Artes e as Ciências Ocultas. Inicia-te nas leituras, para saberes mais e vais ver que será muito interessante os tópicos de conversa que vais ter. O fascínio pelo povo Celta, pela Alquimia, pela Idade Média, pela Astronomia, pela Espiritualidade. Muitas pessoas do movimento gostam de ler acerca de Esoterismo, podes procurar nas livrarias, livros nessa secção. A Filosofia também é muito procurada. Evita ser uma pessoa superficial, ganha "substância", pensa com profundidade. Evita as confusões, não sejas violento, especialmente quando as pessoas te criticarem ou se meterem contigo por causa do teu estilo. Se te sentes deprimido, como qualquer outra pessoa, ouve a tua música, lê um bom livro ou vai tomar um café com amigos. Sorri e sê educado com as pessoas "normais" que não te excluem, não te afastes delas se têm uma boa relação, apenas por não terem o mesmo estilo que tu.

 6.     Desenvolve o teu próprio estilo, naturalmente. Não copies o look de uma pessoa que admiras. Sê criativo; mantém o teu gosto pessoal e vai moldando os elementos que compõem a moda Goth ao teu próprio estilo aos poucos, não todo de uma vez. Não é muito coerente um dia estares com um estilo mais ou menos "normal" e pop e no dia seguinte apareces completamente Goth. Vai aos poucos, cria o teu próprio estilo, à medida que vais entrando nesta subcultura e vais sendo influenciado por ela. 

                                                

Integrantes da comunidade Goth nos primórdios do movimento, nos finais dos anos 70, inícios dos anos 80

Sugestões:

 

·         Mantém os teus amigos antigos. Apenas porque ingressaste neste movimento, não é para cortares relações com os teus grandes amigos e ires a correr fazer amigos Goth! Há imensas pessoas que perdem com isto, pensam-se superiores ou que ter amigos da cultura pop não é fixe o suficiente e começam a cortar relações e vão a correr procurar pessoas alternativas para criar amizade. Isto é muito negativo, se queres que te aceitem como és, também tens de aceitar os outros como eles são. Nem todas as pessoas são iguais, somos todos diferentes e há que respeitar essas diferenças. No entanto, por vezes, pode acontecer o contrário: serem os teus amigos a cortarem relações por causa do teu novo estilo. Tudo isto só demonstra a sociedade em que vivemos. Não tens de ficar triste, apenas demonstra que eles não eram teus amigos e com o tempo vais encontrar outros com os mesmos gostos que tu;

·         Podes e deves manter o teu estilo de vida regular que tinhas antes de adoptar este estilo. Se praticavas algum desporto, não deixes de o fazer. Ou se estás interessado em ingressar em algum, fá-lo. O teu gosto pessoal deve ser mantido. Se gostas de desporto, apenas porque a maioria das pessoas do movimento não praticam, não significa que não podes praticar. Mantem-te fiel a ti próprio, o novo estilo em que te moldaste não tem de restringir-te de fazer o que mais gostas. Mas ainda assim, quando fores praticar o desporto não vás vestido como andas regularmente, não é? Vai desportivo;

·         O facto da tua pele não ter uma tez clara por natureza, não é um problema. Apesar da maioria das pessoas de dentro do movimento serem muito pálidas, isso não deve ser considerado um problema. A tez branca deriva do gosto do movimento pelo obscuro, pelo oculto, pelo místico e pela ideia da imortalidade derivada da mais famosa criatura da fantasia: o vampiro. Boa leitura acerca de vampiros: "Dracula" de Bram Stoker é um clássico obrigatório, Anne Rice, procura pelo estilo literário de "romance gótico", são muito bonitos. Literatura filosófica também é aconselhada. As pessoas que formam este movimento tendem a ter bastante gosto em ler e no intelectual. Exercita a tua mente. É melhor vincar aqui: a saga Twilight não é boa literatura acerca de vampiros;

·         Vai a concertos e a festas de música das vertentes do Metal, da Darkwave e até de certa música Electrónica, a vertente mais popular entre o movimento é o Industrial. Que melhor maneira de conhecer novas inspirações musicais, novas pessoas, novos locais, que ir a concertos e festas? Diverte-te, bebe um copo ou dois com os teus amigos e com os que acabaste de conhecer. Sê natural com as pessoas, mostra quem verdadeiramente és e não quem as outras pessoas querem que sejas. Sê fiel a ti próprio, sobretudo. Não estejas nos locais para impressionar alguém, está para passares um bom tempo com boa música;

·         Muitas pessoas da comunidade Goth são grandes adeptos da Body Art (tatuagens, piercings, alargadores/dilatadores, etc.). Tatuagens a preto, de cruzes celtas, elementos místicos e de Ocultismo, animais nocturnos, grandes asas (de várias formas e pertencentes às mais variadas criaturas) tatuadas ao longo das costas, piercings no rosto, nas orelhas e no corpo, o mais variado, consoante o gosto pessoal de cada um, contudo as tatuagens a cor não são as favoritas e são raras de ver. Mas se tu não não gostas de Body Art, não tens de a ter no teu corpo apenas porque é uma parte integral do movimento. Apesar de tudo, mantem-te fiel ao teu gosto pessoal e crenças.  

·        Alguns itens clássicos da moda Goth são: botas de plataforma, botas de combate, vestidos são muito populares entre as raparigas, tanto podem cair para o Gothic Lolita (criado no Japão) com rendas, serem planos, medievais, vitorianos, têm imensas vertentes, procura pelo o que mais gostares. Camisolas rasgadas, camisolas de bandas de Metal e da Darkwave, camisas vitorianas, corpetes e espartilhos, saias com rendas ou mini-saias, calças justas pretas, entre tantos outros. O cabedal é muito popular, tanto em casacos, como calças e saias; se és vegetariano ou apenas contra o uso de pele, utiliza cabedal sintético.

 

Natasha Lilllipore

 

Avisos:

 

·        O movimento Goth é um movimento alternativo, isto signifca que é uma alternativa à sociedade vigente. É vista como uma das minorias sociais, e é um modo de vida, pois incluí música, vestuário e crenças. Isto significa que nesta alternativa, se incluem todas as pessoas que à partida são excluídas da sociedade capitalista do consumo, da moda, da beleza, da imagem, do efémero. Vai resultar em que a maioria das pessoas da sociedade que vejam com "maus olhos", pois és uma pessoa diferente, com um estilo de vida diferente, não dês qualquer atenção à ignorância dessas pessoas que te podem rotular com nomes desagradáveis, que te olham de lado e que podem rir do modo como estás vestido. Elas criticam porque não compreendem. Porque tu és como és e ninguém tem nada a ver com isso;  

·         A maioria das pessoas faz a imediata ligação entre Gótico e Satânico. Não há relação entre o movimento musicial e essa crença religiosa. Alias, a maioria dos integrantes da comunidade Goth em termos religiosos, segue a nova adaptação da velha religião pagã celta, Wicca. Que não tem ligação com Satanás, Diabo, Lúcifer, o nome cristão que lhe quiserem atribuir, pois é uma religião que se iniciou antes da era cristã e da peregrinação de Jesus Cristo. Portanto, associar Satanismo e Goth é errado e incorrecto, ainda que haja pessoas que a sigam;

·         Lembra-te que apesar de ser um movimento alternativo, não esperes só encontrar intelectuais dados a leituras profundas e com uma mentalidade aberta e liberal. Como em todo o lado, também existem pessoas com mente fechada dentro do estilo Goth, que podem continuar a julgar-te e a criticar-te por qualquer motivo. Apenas sê fiel a ti próprio, não te esforçes para agradar aos outros, apenas segue o teu caminho e comunica com as pessoas que encontrares; 

·         Apenas vestires Goth não irá fazer de ti um integrante desta comunidade, apesar do vestuário ser um elemento importante. As pessoas de fora das comunidades alternativas tendem a pensar que o vestuário não é essencial, este pensamento está errado pois é através dele que comunicas ao mundo a tua identidade, é também um reflexo da tua personalidade e do teu gosto musical. Mas se só ouvires música Goth, também não irás ser considerado Goth. Procura o equilíbrio entre todos os elementos deste movimento e adapta-os à tua personalidade. Porque não existe uma "personalidade Goth". 

Casal numa vertente vitoriana do estilo


música "Dark Entries" - Bauhaus

publicado por Be Alternative Blog às 10:19 | link do post | comentar

31 comentários:
De miuda perfeita @ a 19 de Julho de 2008 às 22:09
Um post sem dúvida muito interessante!
Passa pelo meu blog e comenta:
http://miuda_perfeita.blogs.sapo.pt/


De Be Alternative Blog a 25 de Julho de 2008 às 13:39
Obrigada pelo elogio! : )

Vou já ao teu blog, que deve ser interessante : D

Beijinhos e Obrigada pela visita ^^


De Kika a 18 de Agosto de 2008 às 20:20
Sem dúvida k o teu blog é mt interessante.não sabia metade do k táva aí escrito, aprendi mt e tá mt fixe, sim senhor.como é k sabes tanta coisa sobre estes estilos e isso tudo.
conheces muitas pessoas que já são desse estilo há mt tempo?tens algum estilo destes k escreves?falas com pessoas destes estilos?


De Be Alternative Blog a 21 de Agosto de 2008 às 11:16
Obrigada pelo elogio! : )

Sim, eu tenho amigos meus que são góticos, uma das minhas melhores amigas tem visual key/gothic lolita, punks, rockabillies, etc. Eu sou de Artes e há muita variedade de estilos nos meus amigos! Também faço pesquisas na Internet sobre este tipo de estilos até porque quero ser estilista!

Em relação ao meu estilo a minha roupa é oshare key (tipo Antic Café e assim) mas um pouco mais suavizado!

Obrigada pela visita e beijinhos^^


De Não interessa a 4 de Dezembro de 2008 às 20:42
A minha alma ficou parva depois de ver isto...

"O que fazer para adoptar um determinado estilo"?

As coisas não funcionam assim. Ou melhor, não deveriam funcionar. Isto não é propriamente uma coisa que se escolhe... mas que se sente e se tem. Não se adopta só porque sim, porque apetece.
Poderia nomear uma carrada de frases que considerei completamente erradas e absurdas, mas escolho algumas (todas em relação ao gótico, visto ser a cultura pela qual me apaixonei):

1- "Mas se não conseguires aguentar esta “rejeição” talvez o estilo de vida gothic não seja para ti;" WTF? Ah e tal não me aceitam vou mudar de estilo para satisfazer os outros.

2- "Esquece isto, as roupas são fundamentais!" Então não são? Um gótico só é gótico se se vestir de uma determinada forma!

3- "tens de ter cuidado em verificar que o que estás a vestir roupa com qualidade." Claro, tudo do bom e do melhor. É bom que sejas rico! Senão não podes ser gótico.

4- "Goth sempre teve uma má reputação junto da comunidade, tenta manter isso;" Grande conselho, sim senhor...

5- "Apenas vestir-te goth não irá fazer de ti goth, tu tens de ser goth em estado mental também, tal como em todas as outras coisas;" Isto é verdade. Mas acaba por ser uma enorme contradição em relação a isto que está escrito neste tópico.


Penso que deverias sim ter dado alguns aspectos sobre a cultura gótica e tê-la exposto de outra maneira (esta e as outras todas...).
Esta é, de longe, a mais correcta.

Cumprimentos.






De Não interessa a 4 de Dezembro de 2008 às 20:43
Espero que aceites a minha crítica e que percebas o meu ponto de vista.


De Be Alternative Blog a 23 de Julho de 2009 às 13:24
Percebo plenamente o teu ponto de vista e aceito a crítica.
Eu concordo contigo, os meus post são traduzidos do inglês por mim do site WikiHow, logo os textos não são da minha autoria.

O meu objectivo com o blog não é criar posers ou wannabes, mas há pessoas que querem (apesar de eu achar o estilo de uma pessoa deve vir da sua personalidade) seguir um estilo alternativo e não sabem como. esse é o meu objectivo, espero que também percebas isso.

Obrigada pela tua visita e aceito a crítica.
Beijo.


De LUNAS a 30 de Novembro de 2009 às 19:10
VAI LEVAR NO C...!!!!É FORTE EU SEI ,MAS É MESMO O QUEE PRECISAS DE OUVIR!SÓ ESCREVESTE BARBARIDADES!NÃO SABES MESMO NADA DO QUE É SER GOTH...QUER DIZER A ROUPA E TAL É FUNDAMENTAL PARA SER GOTH MAS DP PODES OUVIR RAP NAO É(COMO ESCREVESTE...ORA LÊ LA BEM)...TENS MUITO QUE APRENDER...TU E MUITOS...


De Be Alternative Blog a 1 de Dezembro de 2009 às 22:41

Informo-te que os textos não são da minha autoria.
Caso não tenhas reparado, no fundo do blog está um spam informativo. Portanto, se queres insultar o escritor do texto, fá-lo no site 'WikiHow'.

PS: Essa interjeição não me afectou minimamente.


De LUNAS a 6 de Dezembro de 2009 às 18:49
O TEXTO NÃO É TEU...MAS SE O PUSESTE NO TEU BLOG É PK CONCORDAS COM ELE,CERTO?DEVES SER MUITA NABO PÁ :D.


De Be Alternative Blog a 6 de Dezembro de 2009 às 19:52
Por acaso concordo.
Se somente ouvires música gótica não vai fazer de ti um gótico, assim como se te vestires somente gótico não vai fazer de ti um gótico.
o estilo de uma pessoa vem da sua personalidade, não que exista uma "personalidade gótica".


De RJ a 15 de Dezembro de 2012 às 22:23
Pondo de parte a questão do conteúdo (por vezes um bocadinho absurdo)dos textos, se os textos não são teus, não estarás porventura a defraudar os leitores?

Sei que este post já tem anos, mas tinha de levantar a questão.


De Anónimo a 29 de Maio de 2010 às 19:07
O que é uma personalidade gótica?

Não, a sério. Tipo, se os estilos alternativos derivam da tua personalidade e não da música que ouves, o que é uma personalidade gótica? Uma personalidade rock? Uma personalidade rockabilly? Uma personalidade electro?

Mas se me vais dizer que uma personalidade gótica é ser bué do darkness e gostar de vampiros e morte e cemitérios ou de merdas pseudo-intelectuais... está calada.


De Anónimo a 29 de Maio de 2010 às 19:09
Este comentário é para "LUNAS" (ui! que nick tão XxX gótico! death! blood!)


De SACHA a 11 de Junho de 2012 às 04:35
Não existe personalidade rock,nem tao pouco personalidade eletronica ou reggaeton,,etc,MAS EXISTE SIM PERSONALIDADE GÓTICA. VC NÃO É INTELIGENTE O SUFICIENTE PARA COMPREENDER,MAS ISSO É UMA METAFORA.

GÓTICOS TEM PERSONALIDADE GÓTICA NO SENTIDO DE QUE TEM COMPORTAMENTO E GOSTOS QUE SE ASSEMELHAM AO ESTILO DE MÚSICA QUE OUVEM.

GÓTICO NÃO SE RESUME A MÚSICA, GÓTICO VAI MUITO ALÉM DISSO! GÓTICO É UM ESTILO DE VIDA E QUEM TEM ESTILO DE VIDA TEM PERSONALIDADE CONDIZENTE.

AMIGO APRENDE AS COISAS ANTES DE FALAR.


De RJ a 15 de Dezembro de 2012 às 22:27
"GÓTICOS TEM PERSONALIDADE GÓTICA NO SENTIDO DE QUE TEM COMPORTAMENTO E GOSTOS QUE SE ASSEMELHAM AO ESTILO DE MÚSICA QUE OUVEM."

Portanto, se um indivíduo ouvir a "Kinslayer" e a seguir matar os coleguinhas de liceu é gótico? Parece, de facto, que há muita gente que precisa de aprender, incluindo o ou a Sacha.


De Keli Matsumoto a 16 de Janeiro de 2010 às 20:45
Este blog é, sinceramente, a maior podridão que já encontrei e acredita, passei por muitos!
A falta de cultura e de mente de quem escreve estas bizarrices é surpreendentemente aterrorizante.
Não tentes falar de um estilo se não sabes o que é realmente importante, porque estás a distorcer a verdade. E não me estou a referir unicamente ao estilo gótico, simplesmente calhei a comentar neste.


De hmm, curioso a 3 de Março de 2011 às 00:34
Se és tão alternativo, o que fazes num blog que dá dicas às pessoas para o serem?


De Anónimo a 31 de Março de 2010 às 15:56
Estas pessoas andam loucas!
Neste exemplo (do estilo gótico): dudes, ouvir música gótica NÃO faz de ninguém gótico. Vocês falam de "ai e tal a roupa não é importante"!? Como querem ser considerados parte de um estilo se não se vestem como tal! Dah!
Eu clarifico o conceito de cultura: engloba "ideias", "valores", "crenças", "acções", "vestuário", "foclore", etc.
Ou seja, para seres membro de uma determinada cultura tens de te vestir como tal. As mulheres mulçumanas usam a burca por causa da religião, por causa da cultura em que estão. Nas culturas urbanas alternativas é a mesma cena! Claro que se vestirem de góticos e ouvirem britney spears (não conheço "artistas" comerciais) não vos vai dar muita credibilidade.
Mentalizem-se de uma cena: TODAS as culturas alternativas são elitistas. E para serem um gótico, têm de ser um gótico por completo. Gostava ver um gajo que se veste somente de preto e ouve música pseudo-gótica ir conversar com um grupo de góticos. Dudes, é a chacota total! Acordem para a realidade: o vestuário importa.


De CONCORDO a 30 de Abril de 2010 às 19:29
ISSO É TÃO VERDADE!
FINALMENTE, UM COMENTÁRIO DECENTE.
MAS AS PSEUDO ACHAM QUE O VISUAL NÃO É IMPORTANTE; MAS SERIA DE ESPERAR ESSA OPINIÃO VISTO NÃO ESTAREM NUMA CULTURA ALTERNATIVA.
SERIOUSLY, ACORDEM. OS ALTERNATIVOS SÃO OS MAIORES ELITISTAS QUE EXISTEM; ATÉ MAIS QUE A BETALHADA.


De Allexia a 11 de Abril de 2010 às 10:56
Eu AMO esse blog! vcs dão dicas mt boas e sabem aconselhar. Parabéns.


De gothmine a 30 de Abril de 2010 às 13:10
Eu adorei o blog!!! Ajudou-me imenso, eu ainda sou criança, okay tenho mais de 11 anos xP. Mas eu vi um filme que se chhama the haunting hour e adorei o estilo goth, mas desde pequenina que tenho um bichinho gotico so que ainda sou nova para o ser... mas eu adoro as coisas goth, tenho uma obecesão pelo goth victoriano... acho lindooo ^^
Podes dar-me alguns conselhos ? Quando eu tomar a decisão de ser goth, vai-me custar imenso despedir-me da minha roupa, mas também vou adorar a nova :$... eu nao quero ser daqueles goth's violentos e agressivos, mas sim mais calma, porque gosto do estilo...tal como disseste ter um estilo goth mas com a personalidade de cada um. Eu tenho uma amiga que é scene kid ehehe. Onde posso encontrar livros antigos de literatura gotica ? Na FNAC aha My god, mas a sério...eu quero saber de onde vem o estilo ;) Também adoro o estilo goth lolita mas, nao tenho carma para usar roupas lolita... xD. Bem beijinhos, se pudesses dar umas dicas, para miudas da minha idade...P.s- por acaso essa amiga q é scene kid já foi goth... Kisses


De Be Alternative Blog a 30 de Abril de 2010 às 19:39
Pessoalmente, acho o estilo Goth Lolita extremamente adorável em raparigas novas, porque parecem bonecas de porcelana. Tenho uma amiga minha com esse estilo, mas tem 18 anos.

O estilo literário gótico são romances góticos, que se caracterizam por serem obscuros, sensuais e com muito esoterismo (coisas de magia e espíritos). Aconselho-te Oscar Wilde ("O Retrato de Dorian Gray" é um dos melhores romances góticos), Joanne Harris tem uns quantos romances góticos, procura na literatura inglesa do século XIX, porque era a mais popular. "Dracula" de Bram Stoker é um clássico obrigatório.
Procura na livraria Bertrand (eles têm imensos livros), se não encontrares na FNAC.

Para roupa, como és jovem, podes escolher roupas mais "leves":
- Usa calças justas pretas;
- Camisolas rendadas;
- E até mesmo vestidos rendados com meias pretas e umas Mary Janes (escolhe dos que têm uma plataforma de 3 centímetros e não os de salto de 9 centímetros);
- Podes comprar botas de combate de cabedal preto; até um casaco comprido de cabedal (é mais utilizado do que os blusões no estilo Goth);


De mayara freitas do nascimento a 15 de Fevereiro de 2011 às 23:28
de um jeito ou de outro eu vou ser gothic... ter na alma e tar com o satanas li tudo e agora eu vou estar firme com tudo ser gothic e satanic


De Be Alternative Blog a 3 de Março de 2011 às 00:36
Gótico não tem nada a ver com Satânico, é bom relembrar isto.


Comentar post

mais sobre mim
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Rasta

Beatnik (60's)

Hipster (2000's)

Vintage (70's - 90's)

Heavy (70's)

Retro (60's)

Rock

Ploc (80's revival)

Indie (rapazes)

Indie (raparigas)

arquivos

Março 2011

Março 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2008

tags

avisos

movimento beatnik

movimento cyber

movimento emo

movimento goth

movimento grunge

movimento harajuku

movimento heavy

movimento hippie

movimento hipster

movimento indie

movimento lolita

movimento ploc

movimento punk

movimento rasta

movimento retro

movimento rock

movimento rockabilly

movimento scene

movimento skater

movimento vintage

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds