Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009

 

 La Roux (vocalista inglesa de Electrónica)

 

Os anos 80 serão eternamente relembrados pelo surgimento da Disco e da música de Dança que deu origem às vertentes da música electrónica da actualidade. Desde das electrónicas mais alternativas, até ao House mais banal, passando pelo gótico Industrial, até ao experimentalismo do Ambient da Vanguarda, até ao Tectonik apresentado pala França. Como em todos os estilos alternativos, a música conduz à moda. Contudo, este estilo é um revivalismo dos anos 80. Isto significa que é uma adaptação moderna do passado. O estilo fiel às épocas passadas tem a denominação de Vintage (explicado noutro post).

  

Dicas:

   1.  Música Electrónica. Como em todos os estilos alternativos, a música conduz à moda. Aqui, a música que marca o seu domínio é a Electrónica de dança. Dentro da música Electrónica de dança, existem vários géneros, estes são divididos pelos vários movimentos da alternativa: Movimento Hip-Hop: Breakbeat, Hip Hop, Downtempo, Freestyle, UK Garage e Trip hop. No movimento do revivalismo Hippie no novo milénio: Trance, Drum and Bass, Dubstep e Rave; movimentos Cyber e Goth: Industrial, Hardcore, Hard Dance, Hardstyle, Speedcore e Noise. No movimento Rock: Dance Punk, Electronic Rock, Dark Wave, Grind, New Wave. Entre a população da cultura pop, os géneros mais passados nas discotecas da actualidade, são eles: House, Techno, Eurodance, New Beat e Hi-HRG. No movimento Ploc, as vertentes mais ouvidas são: Dance Punk, Electro, Disco Post-Disco.

      Artistas populares no movimento são: Daft Punk, Pendulum, La Roux, Crystal Castles, Justice, Kap Bambino, Peaches, Klaxons, Kraftwerk, Gary Numan, David Bowie, Steve Aoki, Mantronix, Boys Noize, MGMT, The Prodigy, Crookers, The Bloody Beetroots, The Gossip, Björk, The Chemical Brothers,  e ainda Lady Gaga, ainda que esta seja considerada demasiado pop. Um dos álbuns mais influentes é dos Kraftwerk: “Autobahn”.

     2.  Moda Ploc. Tal como na música, a moda Ploc é um revivalismo da disco dos anos 80, contudo com adaptações modernas que o tornam mais extravagante. Este é um movimento que prima pela originalidade, criatividade e extravagância, muito festivo, como são pessoas que adoram festas e dançar, as peças que delinham este estilo escolhem o confortável e seguem a regra de peças justas para baixo e peças largas para cima.

o    Pensa brilhante! Brilho será um dos adjectivos usados para descrever este movimento. Brilho, vibração, luz. Neste movimento, a cor tem uma parte muito importante, ela transmite mensagens, escolhe por cores florescentes, psicadélicas, agressivas, carismáticas. As pessoas que se incluem neste movimento têm uma grande presença e não só devia ao seu extravagante gosto no vestuário. Escolhe por roupa com brilho: glitter e lantejoulas. Cabedal, em caso de seres vegetariano ou apenas defensor dos direitos dos animais, utiliza cabedal sintético. Estampados também têm um importante papel, especialmente geométricos e a remeterem para a Disco dos anos 80. 

o     Leggings compridas (a tocar no tornozelo). São as calças por excelência do movimento Ploc. A história destas contorversas calças (que alguns não consideram calças) remotam aos anos 80, que foi quando elas surgiram. Escolhe por qualquer cor existente: desde preto a amarelo florescente, com estampados geométricos e psicadélicos, prateadas, douradas, em cabedal sintético, no material mais extravagante que te agradar. Tudo depende da personalidade de cada um. Contudo, também é comum os rapazes usarem calças de ganga escura, sempre skinny fit.

o    Camisolas Retro. Largas, compridas (abaixo da linha das nádegas), com design dos anos 80, o tecido pode variar entre algodão até lã, durante o Inverno. Com estampados Vintage, geométricos ou psicadélicos, com mensagens como "Save the Rave" ou "Frankie Says Relax", ou simplesmente com cores florescentes planas.

 o    Calçado. sapatilhas grandes (Adidas e Nike - muito em voga de momento), totalmente brancas ou de cores florescentes, são o revivalismo clássico para dançar na pista de uma discoteca, enquanto o DJ passa Electro. Saltos altos e Doc Martens também são aconselhados, contudo não são aconselháveis para dançar, pois este é um movimento que prima muito pela dança ao som da Electrónica e inclusive tem coreografias e estilos de dança incluídos.  

3.     Acessórios. Tal como em todos os estilo, são elementos complementares, que conseguem transformar por completo a intenção de determinado modo de vestir. Aqui prima-se pela criatividade e originalidade das peças. As formas geométricas são muito valorizadas (esferas, cubos, prismas, etc.), grandes e correntes douradas, bijutaria Vintage, lenços com estampados clássicos, enrolados em torno da nuca como usavam os Hippies nos anos 60. Arrisca; sê original e psicadélico. Contudo, é bom saber balançar os brilhos, pois não te queres assemelhar a uma bola de espelho de discoteca, é necessário ter um grande toque neste movimento, para saber quando é demais. 

o    Cintos também são uma boa ideia. Para as raparigas, prefere os Vintage que se usam na linha cintura. Tanto podem ser elásticos, como de cabedal, podem ter belos ornamentos dourados ou prateados. Existem muitos outros acessórios que podes usar, no entanto, usa poucos em cada visual.

o    Óculos de sol, escolhe modelos que estavam em voga nos anos 80; grandes, quadrados, redondos, psicadélicos. Podem ser completamente pretos ou brancos, ou de cores psicadélicas, dourados, prateados, podem ter estampados geométricos, estampados Vintage. Escolhe o que se adaptar melhor à tua personalidade e ao teu gosto pessoal.

4.   Penteado. Cortes geométricos, futuristas, rectos, assimétricos, extravagantes. Franjas rectas são muito populares no movimento Ploc. Cabelo médio (pelos ombros), cabelo curto (pelo meio do pescoço) e comprido (pela linha da cintura) para raparigas são os tamanhos mais usados. Os cortes rectos são os ideais. O corte escadeado não é Retro. Franjas dramáticas e rapados laterais ou em algumas zonas da nuca são muito populares entre os rapazes do movimento Ploc.

o    Pinta o teu cabelo, se assim desejares, ou podes simplesmente manter a tua coloração natural. Preto, louro platinado, cores florescentes, qualquer coloração que seja fiel à tua personalidade. Se és uma pessoa extravagante, que sobressaí numa multidão, atreve-te a quebrar barreiras do convencional. Marca a tua presença e sobretudo, sê fiel a ti próprio.

     5.     Maquilhagem. É uma parte essencial no movimento Ploc, pois dá o efeito dramático, psicadélico e vibrante, captando todo o espírito frenético de quem arrasa na pista de dança. Este é um movimento muito festivo, muito dado a longas noites de dança e com imensa extravagância, indo do mais simples até o extremo da extravagância; tudo depende do gosto pessoal de cada um. 

o    As bases de tons mais claros (quase que pálidos) são as favoritas, pois ajudam a sobressair o glitter e o colorido da maquilhagem. Contudo, se a tua complexão natural não é clara, ou seja, se és morena ou negra, não há qualquer problema. Haverá a busca pelo contraste; enquanto as pessoas de pele mais clara irão procurar uma maquilhagem mais escura, as pessoas de pele mais escura irão procurar uma maquilhagem mais clara.

o    Para rapazes e raparigas o eyeliner é fantástico. Os rapazes escolhem preto (não demasiado, ou irão apelidar-te de Emo). As raparigas preferem eyeliner de cores florescentes, que oferecem um ar mais psicadélico.

o    Glitter! Este é um elemento bastante usado na maquilhagem, tanto de raparigas como de rapazes. Nos olhos, nas linhas das bochecas e pela linha do decote são os mais populares. Glitter de qualquer cor, a que mais gostares. Dourado e prateado são os favoritos.

o    Acentua os teus olhos e os teus lábios, o mais que poderes. Maquilhagens dramáticas, repletas de glitter e garra, tanto podem recair nos pretos, nos brancos, como nas cores mais fortes e psicadélicas. Tudo depende da criatividade e originalidade de cada pessoa, sê um inovador e um criador, derrota os estereotipos e reinventa-te, este é um movimento que valoriza imenso o experimentalismo; tanto na música como na moda.

 

 

Steve Aoki (DJ norte-americano de Electro)

 

Sugestões:

·         Expande os teus gostos musicais a outros géneros que não a Electrónica. Este género tem uma inúmera lista de subgéneros e esses subgéneros ainda têm mais vertentes, mas não tens de te restringir a ouvir apenas um género musical. Expande os teus horizontes a outros, aos que mais gostares. Populares no movimento Ploc incluem o Indie Rock e o Rock Alternativo. Mas podes escolher outros, desde o Punk até ao Jazz, sê fiel a ti próprio e ao teu gosto pessoal. Expande os teus horizontes a novidades;

·         Procura festivais, concertos e noites de Electrónica. Que melhor maneira que entrar em contacto com novas influências, adaptações e novidades do género do que te divertires a passar um bom tempo com amigos, a ouvir boa música, a dançar e a conhecer pessoas novas? Se vives numa grande metrópole, estás com imensa sorte, o Electro tem sido um estilo muito explorado por discotecas e há cada vez mais fãs do género, vais encontrar imensos cartazes apelativos. Caso vivas num meio mais pequeno, como uma vila ou uma cidade mais pequena, ou até mesmo uma aldeia, e não tens oportunidade de te deslocar a grandes festas, porque não mostras música aos teus amigos e organizam uma festa?

Lady Gaga (vocalista norte-americana de música Electrónica)

 

Avisos:

·        Nunca confundas música Electro com música Techno. Ainda que sejam subgéneros do grande género que é a música Electrónica, são completamente distintos. Techno surgiu em meados dos anos 80, num estúdio amador pelos The Belleville Three, um trio de afro-descendentes, em Detroit. Foi popularizado na actualidade por artistas como Moby, The Zombie Hunter's Guild, Orbital e Future. Electro surgiu nos anos 80 e atingiu o apogeu da sua popularidade nos anos 90 com artistas como Anthony Rother e Dave Clarke. Depois da queda, por volta de 2009 voltou à popularidade. Tem grande crescimento, não só na América do Norte (na Florida, Detroit, Miami, Los Angeles e Nova Iorque) como também nas discotecas da Europa e Ásia.    

 

Leggings são as calças mais utilizadas neste movimento, estas com estampado do Cosmos são uma verdadeira delícia para o movimento Ploc.

 

 


música "WARP" - The Bloody Beetroots feat. Steve Aoki

publicado por Be Alternative Blog às 00:23 | link do post | comentar

3 comentários:
De Piropo a 19 de Setembro de 2009 às 15:59
OH MEU DEUUUS!!!
O TEU BLOG EVOLUIU TANTO!! TANTOS NOVOS ESTILOS!!!

AMEI AMEIII CONTINUAAA


De Sherry a 28 de Junho de 2010 às 20:40
Olá, eu me interessei muito pelo estilo! Seu blog é fantástico e a partir das suas dicas, vou virar uma Electro perfeita!
Obrigada!


De y a 5 de Março de 2011 às 01:19
Este blog é tipo lindo. Adorei a iniciativa!


Comentar post

mais sobre mim
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Rasta

Beatnik (60's)

Hipster (2000's)

Vintage (70's - 90's)

Heavy (70's)

Retro (60's)

Rock

Ploc (80's revival)

Indie (rapazes)

Indie (raparigas)

arquivos

Março 2011

Março 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2008

tags

avisos

movimento beatnik

movimento cyber

movimento emo

movimento goth

movimento grunge

movimento harajuku

movimento heavy

movimento hippie

movimento hipster

movimento indie

movimento lolita

movimento ploc

movimento punk

movimento rasta

movimento retro

movimento rock

movimento rockabilly

movimento scene

movimento skater

movimento vintage

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds